É claro que manjericão, salsinha, cebolinha e hortelã podem ser comprados e encontrados facilmente no mercado. Mas por que não cultivar essas delícias em casa e, assim, manter uma horta em apartamento?

Ter uma horta é o sonho de muita gente, pois contribui para deixar o ambiente mais leve e bonito, além de permitir cozinhar com ingredientes frescos e ter muitas hortaliças em mãos, o que é ótimo para quem gosta de cozinhar.

Essa ideia é uma forma de aliar praticidade, economia, decoração e incentivar a família a ter uma alimentação mais saudável. Também é uma alternativa para quem quer reduzir o desperdício de alimento, pois colhe-se da horta somente aquilo que será usado.   

Por ser uma experiência mais simples do que se imagina, neste post nós mostraremos 7 ideias inspiradoras para montar sua horta em apartamento, mesmo se o espaço do imóvel for reduzido. Tem interesse no tema? Siga conosco e fique por dentro do assunto!

1. Escolha um ambiente arejado e bem iluminado 

A horta em apartamento pode ser colocada em qualquer lugar. Não é preciso um grande ambiente para ela. Janelas e prateleiras podem abrigar pequenos vasos para cultivos. Já imóveis com varandas podem receber estruturas maiores. O mais importante é que iluminação e espaços arejados sejam escolhidos. 

plantas que necessitam de mais sol do que outras e por isso não adianta errar nessa escolha. Assim, pense em um ambiente que pegue em média de quatro a seis horas de sol por dia. Especialmente os temperos devem receber maior incidência solar. 

Um ambiente arejado também deve ser escolhido, mas sem vento em excesso, pois o mesmo pode fazer mal para as mudas plantadas. Até mesmo no quarto é possível adaptar uma horta. 

2. Decida quais mudas terão mais utilidade

Pequenas áreas recebem muito bem o plantio de temperos e ervas aromáticas, como manjericão roxo e verde, cebolinha, alecrim, pimenta, dill, orégano, salsinha, hortelã, entra outros. 

O manjericão é um tempero com cheiro agradável e ótimo para fazer molhos. É uma erva que precisa de muito sol e água, por isso deve ser colocada em um vaso próprio para ela, sendo regado frequentemente. Essa mesma rotina precisa ser aplicada ao hortelã. 

Já o Orégano, além de muito saboroso, tem um cheiro que deixa o ambiente ainda mais especial.

O tomate-cereja pode e deve fazer parte da sua mini-horta em apartamento, mas não se esqueça que ele precisa de bastante sol. 

Falando da salsinha e da cebolinha, elas podem ser plantadas no mesmo vaso e são os temperos mais comuns na cozinha. 

Opte sempre por temperos que realmente serão aproveitados no preparo das suas refeições, caso contrário, haverá desperdício e uso sem necessidade de espaço. 

3. Pense qual tipo de horta é mais indicada 

Você pode utilizar vasos, latas, canecas, garrafas, jardineiras ou outro recipiente qualquer para plantar os temperos. Em caso de ter espaço sobrando, é indicado usar cachepôs de madeira, revestidos com zinco ou vasos cerâmicos ou outro revestimento.

Em apartamentos pequenos, opte por vasos menores, principalmente se você for suspendê-los ou fixá-los na parede. Até mesmo ímãs de geladeira acompanhados de mini vasos são ótimas opções e contribuem com uma decoração minimalista

Para decidir onde a horta ficará também vale considerar o espaço disponível. Se a ideia, depois de considerar luz e frescor, for usar uma varanda ou área de lazer, por exemplo, pense no tamanho da estrutura para a horta. 

4. A horta vertical poupa espaço

A horta vertical em apartamento é uma das mais utilizadas, pois ocupa menos espaço.

Para elas, pense em estrutura de madeira, como paletes, ferro ou prateleiras para apoiar ou suspender seus vasos. Eles podem ser fixados na parede  ou colocados em estantes como uma horta vertical, deixando-os mais altos e com mais luz natural. 

A horta vertical pode ser feita de diversas formas e também ser instalada em vários ambientes. 

5. Combine vasos e cores do ambiente

Se um dos objetivos da horta em apartamento é deixar o ambiente mais harmônico, aconchegante e bonito, optar por vasos coloridos é prioridade. As cores devem combinar com o ambiente. Se for um local de cores mais neutras, por que não escolher vasos mais chamativos para contrastar? 

Quem gosta de deixar o ambiente menos tradicional pode escolher objetos diferentes para abrigar as mudas e sementes, contribuindo para um ambiente descontraído. Garrafas pet são opções em conta. Já quem é favorável ao estilo industrial pode fazer a horta usando canos de PVC. 

Lembre-se que os vasos devem ter furo no fundo para o escoamento da água, evitando que ocorra o apodrecimento da raiz. 

6. Prepare a terra

Depois de ter definido o formato da horta e também como deixá-la mais bonita, é hora de colocar a mão na massa e iniciar o cuidado com a terra. Não adianta ter um lugar mais interessante para o plantio se a terra não for adequada. Algumas terras precisam ser preparadas e adubadas antes do plantio. 

Com as sementes e as mudas em mãos, faça um buraco na terra de aproximadamente 1 cm, coloque a semente e cubra com terra adubada. Regue a terra e espere crescer. 

7. Cuide da horta

Assim como os cuidados pré-montagem da horta são importantes, o cuidado após o plantio deve ser criterioso. Dependendo do local e da incidência de sol e calor ela deve ser irrigada três vezes ao dia quando estiver na fase de semente. Depois de crescida, uma vez ao dia é suficiente. A troca do adubo deve ocorrer a cada dois meses.

De forma simples e mesmo em pequenos espaços é possível criar uma horta em apartamento para chamar de sua. Além de deixar o ambiente mais agradável, arejado e bonito, é possível favorecer uma alimentação mais saudável e até mesmo tornar o ato de cozinhar mais prazeroso, ao cultivar seu próprio alimento.

Agora que você já se informou sobre ideias inspiradoras para montar sua horta em apartamento, aproveite para conhecer 7 dicas de decoração de banheiro social e suíte e podem ser aplicadas no seu imóvel!