A compra de um imóvel é o sonho de muitas famílias, mas nem sempre os planos saem conforme o esperado. Por isso, é importante saber como negociar a dívida de financiamento imobiliário

Se as parcelas se tornaram difíceis de pagar, entenda que há opções para reverter essa situação. Neste post, mostraremos formas de negociação, como utilizar o FGTS para abatimento, como renegociar diretamente na instituição, entre outras alternativas. Tem interesse no tema? Siga conosco e fique por dentro do assunto!

Alternativas de negociação

Para ajudá-lo a sair do vermelho, veja a seguir algumas alternativas para a dívida do financiamento imobiliário. 

Transferir o financiamento para outra instituição

Desde 2014, é possível transferir para outra instituição o valor da sua dívida, mas é preciso entender como funciona essa situação. Nesses casos, não é permitido aumentar o prazo nem o valor financiado.

O devedor acabará assumindo os custos do novo crédito, como procedimentos em cartório. Por isso, a alternativa só será vantajosa caso a queda nas taxas de juros seja superior a 0,5%.

Refinanciar o imóvel

Se transferir o financiamento para outra instituição não for uma solução, pense em buscar com um banco o valor correspondente à dívida. Em meio à crise econômica, as taxas de juros estão em queda, sendo possível pegar dinheiro emprestado, quitar a dívida antiga e pagar as parcelas “novas” — que podem ser menores.

Renegociar o débito com o banco

Em situações de crise econômica, a tendência é que as instituições estejam mais abertas a negociar. Por isso, em caso de dívida de financiamento imobiliário, pode ocorrer de o banco oferecer algum tipo de alternativa para as prestações em atraso ou conceder prazo para realizar o pagamento.

Não há dúvidas de que os contratos são os documentos que têm validade nesse caso e de que não há nenhuma obrigação por parte da instituição, mas procurar o banco e informar a situação antes que tudo vire uma bola de neve é a melhor alternativa. 

Uma forma que pode ser aceita pela instituição financeira é requerer que o valor atrasado seja incorporado às parcelas futuras. 

Usar o FGTS 

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) pode ser usado para amortizar a dívida de financiamento imobiliário. Essa é uma medida interessante uma vez que, após o abatimento, é possível manter o prazo para pagamento, mas com prestações reduzidas. 

Contudo, fique atento aos prazos. Isso porque o uso do FGTS só é permitido a cada dois anos, e muitas pessoas há utilizam esses recursos para adquirir uma casa ou apartamento. 

O FGTS ainda pode ser usado para quitar parte das prestações, limitadas a 12 parcelas — entre elas, três já vencidas, no máximo. Por isso, buscar uma solução rápida para os pagamentos em aberto é tão fundamental. 

Negociação no Minha Casa Minha Vida

Deixar parcelas em aberto no programa Minha Casa Minha Vida fará com que seu nome fique negativado e causará grandes chances de perda do imóvel. Para piorar, você ainda perde o direito de participar do programa novamente no futuro. 

Se você já está com parcelas em atraso, as alternativas mais viáveis são usar o dinheiro do FGTS, pedir para o valor em atraso ser dividido nas parcelas futuras ou buscar um desconto no total. 

No entanto, se as suas parcelas ainda não atrasaram, mas você está tendo dificuldades para cumprir com essa obrigação, a Caixa Econômica Federal permite aumentar o prazo do financiamento via Minha Casa Minha Vida.

Ainda é possível pedir uma pausa no pagamento se você já tiver quitado 11 prestações, permitindo pular um mês de parcela. Assim, o valor relativo ao período não pago é distribuído pelas parcelas seguintes. Essas interrupções podem ser pedidas a cada 12 parcelas quitadas. 

Nem sempre o planejamento financeiro segue como esperado — e a dívida de financiamento imobiliário acaba sendo um problema com graves consequências. Por isso, antes mesmo dessa situação virar uma bola de neve, busque alternativas para negociar as parcelas em aberto.

Agora que você já sabe como negociar a dívida de financiamento imobiliário, comente no post e tire suas dúvidas sobre o tema!