A convivência em condomínio não é uma tarefa simples. No entanto, pequenas atitudes tomadas por você no dia a dia podem influenciar positivamente sua relação com os vizinhos e, portanto, deixá-la ainda mais leve e saudável.

Geralmente, as pessoas têm hábitos e comportamentos distintos entre si, sem contar que algumas delas têm dificuldade para entender os seus limites e isso dificulta cada vez mais a convivência em condomínio. Assim, é importante que cada morador faça a sua parte, adotando condutas e sabendo respeitar o próximo. Do contrário, viver em harmonia será muito difícil.

Você, está curioso sobre o assunto? Caso sim, então, você veio ao lugar certo. Neste post, falaremos como é possível agir educadamente no condomínio. Continue a leitura!

Conheça as normas internas do condomínio 

Dentre todas as dicas para uma convivência em condomínio saudável, talvez, essa seja a mais importante. Isso porque é nela que você encontrará informações como permissão para ter animais, lei do silêncio, uso de bicicleta em espaços comuns, playground, piscina, espaço redário e muito mais. As violações das normas internas do condomínio são passíveis de notificações e, posteriormente, multas aplicadas pelo síndico.

Evite barulhos para uma convivência em condomínio mais leve

É muito provável que você já sabia que todo condomínio tem regras a respeito do baralho, não é mesmo? Alguns apenas seguem as determinações da legislação municipal, outros, por sua vez, são muito mais rígidos. Por isso, sempre respeite a lei do silêncio. Seu horário estabelecido é 22h até às 8h do dia seguinte, no entanto, isso não significa que você pode exagerar no intervalo permitido.

Bom senso costuma ser uma excelente atitude para conviver em harmonia, ainda mais quando você tem seu apartamento próprio. Também, evite calçados barulhentos, arrastar móveis e festas à noite, principalmente se o seu apartamento não tiver isolamento acústico.

Seja cordial com os funcionários do condomínio

Eles estão presentes no nosso dia a dia e trabalham para que tudo funcione perfeitamente no condomínio, não é mesmo? Por isso, seja gentil, ainda mais com uma pessoa que está zelando pelo seu bem-estar.

Vale ressaltar que os colaboradores do condomínio, especialmente o porteiro, não são funcionários particulares. Caso aconteça algo que não agrade você, é preciso reclamar diretamente com o síndico, pois ele tomará as decisões corretas para resolver sua situação e, consequentemente, a convivência em condomínio será ainda mais fácil.

Respeite as vagas de garagem

Definitivamente, essa situação causa muitos conflitos entre os moradores de condomínio, já que as vagas precisam ser respeitadas, bem como o limite de velocidade para evitar qualquer acidente.

Então, se o seu condomínio utiliza o sistema de garagem demarcada, respeite-o, guardando seu veículo apenas na vaga destinada a você. É interessante também verificar junto ao síndico as regras para visitantes, pois há condomínios que contém áreas específicas para receber convidados.

Foi estacionar o veículo e deu aquela batidinha no carro ao lado? Bem, deixe um bilhete se identificando e pedindo desculpas pelo ocorrido. Dessa forma, seu vizinho pode entrar em contato com você para algum reparo, por exemplo

Viu, a convivência em condomínio pode ser mais fácil do que parece. Claro, isso só será possível se todos os moradores conhecerem as regras do jogo. Por esse motivo, reforce sempre essas questões com seus vizinhos!

Agora que você conhece as boas práticas para conviver em harmonia com seus vizinhos, que tal conhecer as 7 características de um condomínio econômico? Essa é uma excelente oportunidade, confira!