Visitar um apartamento, fechar negócio, pegar as chaves, realizar a mudança, arrumar tudo e desfrutar da sua nova casa. Essas são as etapas vividas por quem compra um imóvel, certo? Errado! Após fechar o negócio e pegar as chaves, o morador ainda precisará definir muitas coisas e estar presente em reuniões de condomínio.

Quando um imóvel é recém-construído, é preciso cuidar de vários aspectos relacionados ao bom funcionamento do prédio. É preciso contratar porteiro, zelador, comprar utensílios de limpeza, entre várias outras necessidades. Essa etapa é chamada por muitos de enxoval de condomínio.

Se você nunca ouviu falar sobre enxoval de condomínio ou está comprando seu imóvel, não perca esse texto e descubra o que é, qual a importância e como é feito. Continue lendo!

O que é enxoval de condomínio?

O enxoval de condomínio também pode ser chamado de mobília coletiva e é um dos principais fatores que aumentam a taxa de condomínio em seus primeiros meses. Portanto, esse enxoval nada mais é que comprar a mobília que constituirá as áreas comuns do condomínio.

A mobília coletiva varia de acordo com o empreendimento em questão. Condomínios com muitas torres exigem diferentes mobílias em comparação a condomínios menores, assim como exigem móveis e objetivos diferentes dos desejados em um prédio luxuoso.

É importante ressaltar que algumas incorporadoras e construtoras já entregam o empreendimento com mobília nas áreas comuns. Para saber se esse é o caso do seu imóvel, ou do imóvel que você pretende comprar, leia o contrato ou um folder do empreendimento.

Caso não seja entregue, o síndico realizará reuniões com os moradores para definir detalhes relacionados ao enxoval, como: contratação de um decorador ou arquiteto, estilo e móveis desejados pelos moradores, etc.

Como funciona?

Em primeiro lugar, os primeiros condôminos do prédio se reúnem e definem os itens que desejam para as áreas comuns. Diversos itens podem ser adquiridos, como: lixeiras, sofás para halls e salas comuns, cadeiras e mesas para a área de piscina e salão de festas.

O material acolchoado para proteger o elevador em mudanças e obras, capachos, tapetes, vasos, espelhos e arranjos, também são outros exemplos de itens que constantemente são adquiridos como enxoval de condomínio.

É importante que a compra seja realizada nos primeiros meses do condomínio. Contudo, nem sempre isso é possível, sendo então postergada por alguns meses. Esse “atraso” se deve ao fato de que no início de um condomínio existem muitas despesas e o enxoval é oneroso.

Além disso, existem muitos compromissos a serem cumpridos e que são responsabilidades constantes em um prédio, como: manutenções, contratação de zelador, elaboração de um fundo de emergência, entre outros.

Portanto, para não elevar muito a taxa mensal de condomínio, as despesas são fracionadas ao longo do tempo e muitas vezes o enxoval é feito apenas algum tempo depois. Por esses fatores, é importante que a escolha e compra da mobília seja feita de forma econômica e sensata.

A prioridade nessa etapa deve ser compor o ambiente de forma bonita e confortável, evitando que espaços fiquem vazios. Afinal, ao longo da vida útil é possível continuar compondo o ambiente, colocando objetos decorativos e valorizando ainda mais o condomínio.

Como é cobrado?

Após definir as mobílias e objetos decorativos que serão adquiridos, o síndico pesquisa preços em diversas lojas e realiza o orçamento. Essa etapa é muito importante para definir o valor total necessário a partir do cálculo do tempo e das taxas.

Uma vez calculado o tempo necessário para juntar a quantia, os condôminos são informados do valor da taxa mensal e em quanto tempo pagarão o valor estipulado, já que após o pagamento das mobílias, a taxa de condomínio é reduzida.

Alguns condomínios também optam por dividir o valor total em parcelas fixas. A divisão geralmente é feita de quatro a seis parcelas.

Quais os ambientes e principais mobílias?

Já citamos alguns dos objetos a serem comprados, porém existem mais alguns que não podem ser esquecidos. Os objetos a serem adquiridos são os que não estavam previstos no escopo da construtora. Por isso, é sempre essencial saber quais são os objetos que a construtora deve entregar e essa informação pode ser encontrada no contrato.

Atualmente, muitos empreendimentos contam com várias torres, existindo então áreas comuns de todos os moradores e a área comum aos moradores de cada torre. A área comum de todo o condomínio geralmente engloba: piscina, sauna, salão de festas, churrasqueira, portaria, academia, garagem, depósito de lixo, etc.

Já a área comum de cada torre envolve hall, sala de entrada e elevador. Devido à grande variedade de locais a serem mobiliados, deve-se realizar uma lista de cada um dos móveis e objetos necessários em cada um desses ambientes:

Piscina e sauna

Quando um condomínio possui esses elementos em sua área de lazer, precisará de espreguiçadeiras, cadeiras, mesas e sombreiros, de modo que os moradores possam aproveitar a área, se reunir e relaxar.

Salão de festas e churrasqueira

Essa área é uma das mais procuradas em condomínios, afinal, sempre existem pessoas comemorando diversas situações e datas. Nem todos os prédios possuem as duas áreas de lazer e nem sempre essas áreas são mobiliadas.

Entretanto, mesmo quando não são compradas mesas e cadeiras para compor essas áreas, é indispensável a presença de pia, fogão, banheiros e suas respectivas louças sanitárias, freezer ou geladeira, etc.

Academia

Os prédios que possuem academia exigem um investimento mais alto para a montagem dessa área, uma vez os equipamentos são mais caros. Entretanto, geralmente esse ambiente já é mobiliado pela construtora. Deve conter pesos, esteira, bicicleta, e alguns aparelhos versáteis que possibilitem a execução de variados exercícios.

Portaria

A portaria deve conter, no mínimo, uma mesa e uma cadeira para o porteiro. Contudo, geralmente os prédios também contam com sistema de vigilância interna e por isso, é importante que o porteiro tenha um monitor para visualizar essas imagens.

Garagem e depósitos

Esses ambientes devem conter carrinhos para auxiliar os moradores a levarem as compras para seus apartamentos, lixeiras pequenas e grandes para despejo dos lixos de todos os moradores. Normalmente, nesses depósitos é importante conter um kit de limpeza para o zelador.

Elevador, hall e salas

Esses elementos costumam ser exclusivos para cada torre. Para o elevador, deve ser comprada a capa acolchoada para proteção durante mudanças e transportes de objetos variados. Já para o Hall e para as salas comuns, devem ser comprados tapetes, sofás, mesas de centro, entre outros elementos decorativos.

Como você pôde ver, são muitos os móveis e objetos a serem adquiridos em um condomínio recém-construído, e é importante que você se atente e se prepare para isso, pois a etapa de enxoval de condomínio representa, muitas vezes, custos elevados aos moradores.

Contudo, a aquisição dessas mobílias e objetos valoriza o prédio e contribui para que o ambiente seja mais confortável, tanto aos moradores quanto aos visitantes. Agora que você já sabe tudo sobre enxoval de condomínio, deixe um comentário no post e nos conte se já participou de um ou se ainda vai participar.