Você finalmente conseguiu comprar um apartamento e já está se preocupando com a mudança? Pois saiba que esse processo não precisa ser visto como algo trabalhoso e cansativo. Em vez de desejar que tudo termine logo, procure focar no planejamento das diferentes etapas.

Assim, será possível mudar de endereço com tranquilidade, de maneira organizada e sem estresse. Outra vantagem de planejar cada passo está na redução de possíveis danos e avarias que ocorrem quando tudo é feito às pressas.

Pronto para começar? Acompanhe as nossas dicas e mãos à obra!

1. Embale as coisas com antecedência

Um erro que causa muito desconforto em quem está prestes a fazer mudança é guardar as coisas na última hora. Ou seja, o caminhão chega e a pessoa ainda tem peças fora do lugar, ou percebe que faltam embalagens para armazenar os itens adequadamente.

Você não quer lidar com esse tipo de problema, certo? Portanto, evite adiar a organização dos pertences e comece esse processo o quanto antes. Com uma semana de antecedência, é possível providenciar caixas, fitas, cordas e outros materiais de apoio.

Ao embalar, procure dividir os itens em categorias e marcar a caixa com etiquetas contendo nomes e outras informações. Essa identificação ajudará no momento de descarregar e definir o que será destinado à cozinha, sala, banheiro e quartos.

2. Separe tudo o que deseja doar ou vender

Muitas pessoas aproveitam o momento da mudança para se livrar de peças velhas ou que não têm mais utilidade. Além de eliminar coisas desnecessárias da sua casa, essa prática pode render um dinheiro extra para custear despesas geradas no dia.

Para melhores resultados, incentive a família inteira a contribuir com esse processo. Peça que todos separem móveis, aparelhos, calçados e vestimentas que não usam mais. Depois, é só vender as coisas em um bazar ou doar para alguma instituição.

Se optar por fazer doações, certifique-se de que os itens selecionados estejam em boas condições. Pense se o objeto em questão pode oferecer alguma utilidade para outras pessoas e, se achar que não, o ideal é destiná-lo a uma estação de coleta de lixo.

3. Reserve pertences que utiliza com frequência

Até que tudo seja transportado para a nova moradia, você e seus familiares precisarão de algumas mudas de roupa, bem como de materiais e aparelhos que são utilizados com frequência, como notebooks, celulares, carregadores, livros e apostilas.

Se não quiser desembalar caixas a todo o momento em busca dessas coisas, o ideal é separar um cômodo ou canto da casa para manter tudo o que é necessário. Esse cuidado evita correria e garante mais conforto nos dias que antecedem a mudança.

Nesse mesmo local escolhido para guardar o básico, você pode deixar todos os vasos de plantas e evitar que as flores sejam danificadas com a movimentação de pessoas. O mesmo vale para a caminha e recipientes de comida dos animais de estimação.

4. Proteja objetos frágeis com materiais adequados

Pertences grandes (móveis e eletrodomésticos) dificilmente precisam de caixas para serem transportados. Apesar disso, alguns modelos apresentam acabamentos delicados que demandam proteção. Nesses casos, uma boa ideia é cobri-los com mantas e cobertores, que podem ser fixados com cordas ou fita adesiva.

Já os itens pequenos e frágeis devem ser revestidos com camadas de folha sulfite, jornal ou plástico bolha antes de irem para suas devidas caixas. O cuidado vale para utensílios de cozinha, louças de cerâmica/porcelana e bibelôs, como porta-retratos de vidro.

Também não se esqueça de guardar porcas, pregos, parafusos e elementos de encaixe dos móveis em sacolinhas que possam ser vedadas. Assim, você terá a certeza de que estará com as peças certas no momento de montar a mobília na nova residência.

5. Pesquise diferentes serviços de mudança

Nem todas as famílias se preocupam em pesquisar e avaliar diferentes transportadoras. Acontece que essa é uma ótima estratégia para encontrar um serviço com bom custo-benefício, ou seja, que tenha qualidade e ainda ajude você a economizar dinheiro.

Além disso, é possível fazer um comparativo do atendimento de cada empresa para se certificar de que terá uma equipe responsável e comprometida com o trabalho. Para começar, procure referências na internet e peça indicações a amigos e familiares.

Quanto antes puder encontrar a empresa certa e agendar o serviço, menor a probabilidade de sofrer com problemas de atrasos ou falta de horários. Portanto, dedique tempo suficiente na avaliação das opções e leia todo o contrato antes de assinar.

6. Carregue itens valiosos separadamente

Por mais que confie na equipe da transportadora, você não garante que a carga estará protegida de furtos durante o trajeto. O que muitas pessoas fazem para evitar esse tipo de problema é contratar um serviço que oferece plano de seguro para pertences.

Ainda assim, a melhor maneira de manter itens valiosos totalmente seguros é levá-los separadamente, ou seja, na sua companhia. Guarde documentos, joias e equipamentos específicos (máquinas fotográficas, tablets etc.) em bolsas ou mochilas fechadas.

Para quem tem um jardim em casa, a dica é levar os vasos de plantas no próprio veículo, a fim de evitar danos. Se não tiver carro, você pode pedir para um amigo ou familiar levar todas essas coisas e pagar um valor simbólico pela ajuda.

7. Monte um cômodo de cada vez

A ansiedade para ver todos os ambientes montados pode ser grande, mas contenha o entusiasmo. Antes de tudo, aproveite a presença da equipe da transportadora para pedir aos funcionários que posicionem os móveis e eletrodomésticos nos devidos lugares.

Em seguida, você já pode analisar o espaço e planejar a disposição dos pequenos elementos na casa. Se for possível, coloque todas as caixas e embalagens em um único cômodo. Assim, você terá espaço livre para começar a compor as diferentes áreas, uma de cada vez.

Com a base montada, você seguirá para a melhor fase da mudança: decorar o apartamento. Nessa etapa, é possível aproveitar peças e acessórios que já possui ou adquirir novos itens para incrementar o estilo da residência.

A mudança para um novo apartamento representa muito mais que uma troca de ambiente. É um processo que mexe com a gente, pois é um novo caminho a ser trilhado em nossas vidas. As expectativas costumam ser altas e o estresse talvez bata na sua porta, mas você pode tirar de letra seguindo as nossas sugestões.  

E aí, curtiu as dicas? Siga nossas redes sociais para ficar por dentro de mais conteúdos úteis para essa fase tão importante da sua vida. Estamos no Facebook e no Instagram esperando por você!