Você quer saber se um nome limpo recentemente atrapalha financiamento de imóvel? Existe uma regra na análise de crédito que se resume em: após limpar o nome, as demais instituições não têm como saber se uma pessoa já teve o nome sujo, exceto aquela na qual a situação esteve não regularizada. 

Entretanto, mesmo com essa regra e o nome limpo, pode ser que o empréstimo ou financiamento não seja aprovado durante a análise de crédito, pois são vários os fatores usados pelos bancos e demais instituições financeiras. Quer saber quais são eles? Então, continue a leitura e não perca!

Como funciona o financiamento e qual a importância de manter o controle financeiro?

O financiamento nada mais é que um empréstimo e para que ele seja concedido a uma pessoa física ou jurídica, é necessário que essa seja aprovada no processo de análise de crédito. Essa análise permite determinar se a pessoa está apta a realizar aquele financiamento, quais os riscos envolvidos, qual o valor máximo da parcela, entre outros fatores. 

Entretanto, existem algumas situações que podem atrapalhar e até impedir o financiamento. Portanto, é muito importante manter um controle financeiro a fim de evitar dívidas, situações irregulares que não foram resolvidas, baixo score de crédito, estar com o CPF negativado, ter o nome na Serasa ou no SPC, não ter conta em banco, não ter movimentação bancária e não ter alguma forma de comprovação de renda.

Quais as maneiras de facilitar a aprovação de crédito?

As instituições financeiras se baseiam em diversos fatores para conceder ou não a aprovação de crédito a uma pessoa. São eles:

Renda mensal e comprovação 

O valor da renda mensal possibilita analisar a capacidade de pagar o financiamento. Somado a renda mensal está a comprovação, que é mais fácil para empregados CLT, funcionários públicos e empresários formalizados. Já no caso de profissionais autônomos, quando esses não têm conta no banco, é muito difícil comprovar a renda e, consequentemente, ser aprovado na análise de crédito.

A análise da movimentação bancária também serve para comprovar tanto a renda de autônomos como qualquer outra forma de renda extra, podendo ser evidenciada por meio do extrato bancário ou da fatura do cartão de crédito. A declaração de imposto de renda também auxilia na comprovação de renda. 

Consultar e melhorar o score de crédito e o CPF

Um dos principais fatores analisados pelas instituições financeiras é o score de crédito — uma pontuação que pode ir de 0 a 1000 e que é reduzida por atrasos no pagamento de contas, dívidas e outras situações. 

Quanto mais próximo de 1000 mais confiável uma pessoa é considerada para realizar pagamentos. Além de pagar as contas em dia, abrir o cadastro positivo também auxilia a aumentar seu histórico de crédito e pagamento, ou seja, seu score. 

O CPF também não deve estar negativado, pois é um fator que dificulta financiamentos. Portanto, deve-se consultar sempre o CPF e verificar se existe alguma restrição ou informação. Se houver, deve-se entrar em contato com a Serasa para limpar o nome. 

Ter conta no banco em que deseja financiar

Se você é cliente do banco e quanto maior for seu histórico de crédito nele, maior é a confiabilidade, pois eles sabem quanto de dinheiro circula em sua conta e conseguem avaliar com mais facilidade se há potencial para financiar.

Como você pôde ver, a afirmação “nome limpo recentemente atrapalha financiamento de imóvel” é falsa, uma vez que para conseguir um financiamento importa que o nome esteja limpo, que qualquer inadimplência ou dívida seja resolvida, assim como movimentação na conta, comprovação e declaração de renda, um bom score, não integrar o cadastro de emitentes de cheques sem fundo do Bacen, não ter outros financiamentos e ter renda compatível. 

Gostou deste texto? Então, compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas saibam da importância do nome limpo e como pode afetar o financiamento de imóveis.

Powered by Rock Convert