Se há algumas décadas os imóveis do primeiro andar de um prédio eram considerados os menos valorizados, principalmente por estarem mais próximos da rua, hoje em dia, essa lógica mudou. Um apartamento com área privativa é extremamente procurado e valorizado.

Mas será que vale a pena investir quantias a mais apenas por causa da área privativa? Para ajudar você a acabar com essa dúvida, separamos, neste post, algumas razões para comprar um apartamento com esse tipo de estrutura. Confira!

A área privativa

Teoricamente, consideramos como área privativa toda a metragem compreendida da porta de um apartamento para dentro. Afinal de contas, ela se refere apenas ao imóvel particular, não compreendendo as áreas comuns do prédio.

Entretanto, no mercado imobiliário atual, a expressão “área privativa” diz respeito a uma estrutura diferente. É um local geralmente externo, sem cobertura, muito utilizado para a configuração de um espaço gourmet, uma varanda, um jardim ou mesmo um quintal.

As vantagens de comprar um apartamento com área privativa

São várias as vantagens de contar com um apartamento equipado com área privativa. A seguir, listamos as 4 principais razões.

1. Maior espaço para receber visitas

Hoje em dia, é muito comum a comercialização de apartamentos cada vez menores e mais enxutos. Além de diminuir o custo, esse tipo de configuração permite a construção de unidades com mais e mais apartamentos, aumentando os lucros das construtoras.

Por isso, os apartamentos com área privativa permitem uma maior flexibilidade, principalmente na hora de receber visitas. São espaços mais agradáveis, onde é possível fazer reuniões de amigos e festas de família com muito mais conforto.

2. Mais conforto para a família

Morar em um apartamento com área privativa traz, sem dúvidas, mais conforto. Além do espaço, a disponibilidade de luz solar, nem sempre presente nos imóveis, costuma ser abundante nesses tipos de ambiente. Tudo isso se traduz em uma qualidade de vida muito maior para todos os residentes.

3. Maior versatilidade no imóvel

Um apartamento com área privativa oferece uma versatilidade muito maior para o seu dono, uma vez que costuma ser um espaço descaracterizado, podendo ser utilizado de várias maneiras. Assim, é possível transformar os espaços disponíveis na área privativa em praticamente qualquer coisa que se tiver vontade.

Algumas pessoas aproveitam esse ambiente para criar uma sala de jantar externa. Outros podem aproveitar para fazer um espaço gourmet ou uma área de churrasco. Varandas, quintais, espaços de playground para crianças: são muitas as opções, uma vez que a área privativa é extremamente versátil.

4. Valorização do imóvel

Assim como falamos no início deste artigo, os imóveis de primeiro andar costumavam ser, há algumas décadas, menos valorizados, mesmo com áreas privativas. Mas a lógica hoje está invertida. A área privativa garante uma valorização enorme para os apartamentos que contam com esse tipo de estrutura, podendo ser utilizada como um ponto extremamente positivo na hora da venda.

Um apartamento com área privativa pode ser até 20% mais valorizado que os outros no mesmo prédio e, ainda sim, ser mais acessível que uma cobertura, por exemplo. Isso aumenta a atratividade desses imóveis no mercado, de modo que dificilmente ficam muito tempo parados à venda.

Um apartamento com área privativa traz muitas vantagens para seus donos, aumentando a qualidade de vida e possibilitando uma personalização muito grande do imóvel. São estruturas muito procuradas nos dias de hoje, e a tendência é que esse cenário se mantenha ainda por muito tempo.

Gostou do nosso artigo? Então não deixe de seguir a gente no Facebook para receber mais conteúdos como este!

 

Sonho da casa própria 2019Powered by Rock Convert